Braga por um canudo

Tal como "ser mais velho que a Sé de Braga" ou "ir abaixo de Braga", "ver Braga por um canudo" é uma das expressões que Braga nos oferece para usarmos nas mais variadas situações. Esta nasceu do monóculo que existiu em tempos idos no Bom Jesus. Era muito antigo e talvez, para ter dado origem a uma expressão popular, tenha sido um dos primeiros a existir em miradouros de Portugal. Desapareceu há muitos anos sem ter tido sequer direito a um substituto mais moderno. Talvez a Confraria do Bom Jesus do Monte não tenha dinheiro para adquirir um...
Um objecto que contribui todos os dias para que Braga seja falada por esse país fora e nas comunidades de emigrantes portugueses devia ser mais acarinhado pelos bracarenses!
Para acentuar a sua falta, ainda lá está, no sítio, o suporte do ilustre desaparecido.
Ver por um canudo é ver com distanciamento. A distância torna-nos objectivos nas apreciações que fazemos, mas também, por vezes, nos alimentam as saudades...

Comentários: 1

Anonymous zé pedro:

Como sempre, Tati, tens razão! O Bom-Jesus fica melhor assim como "num daqueles dias em que depois da chuva a atmosfera fica mais nítida e definida".

quinta-feira, 16 fevereiro, 2006  

Enviar um comentário

← Entrada

    Subir ↑