Panta rhei (*)

“O Deus é dia-noite, inverno-verão, guerra-paz, saciedade-fome; mas alterna-se como o fogo quando se mistura a incensos e se denomina consoante o gosto de cada um".

"O universo ora se incendeia, ora de novo se compõe do fogo, acendendo-se em medidas e apagando-se em medidas.”

(*): "Tudo flui."

"Todas as coisas são uma troca do fogo, e o fogo uma troca de todas as coisas."

Heráclito, Éfeso, aprox. 540 a.C. - 480 a.C.

(Notas: Todas as fotografias tiradas em Santa Isabel.
A última é de uma pequena queimada realizada no Inverno para prevenir incêndios no Verão.)

Comentários: 5

Blogger Mag:

"...nada persiste, nem permanece o mesmo" a vida composta por tensões... a contemplação da Natureza...
Parabéns pelas maravilhosas fotografias!
E escolher este pré-socrático para as ilustrar com palavras foi de mestre! (um bocadinho dificil, mas aqui, muito gostoso)
Um beijo!

terça-feira, 20 junho, 2006  
Blogger Lâmina D'Água:

Tudo flui...

Independente do desejo e da direção da fluidez...

1 beijo de boa noite!!!
Cris

quarta-feira, 21 junho, 2006  
Blogger José Pedro:

Ao contrário da mensagem de angústia que vulgarmente se pretende passar através de Heráclito, há, nesta alternância, nesta fluidez ou devir, uma permanência que nos aproxima do taoísmo e a sua noção do presente eterno. Em vez de nos assustarmos com a ideia entediante de repetição dos actos, ficamos com a sensação de que tudo o que fazemos é inteiramente novo, já que "nunca mergulhamos duas vezes nas águas do mesmo rio".
Abraços

quarta-feira, 21 junho, 2006  
Blogger José Pedro:

Para Mag e Cris, votos de límpidas manhãs e serenos entardeceres.

quarta-feira, 21 junho, 2006  
Blogger Lâmina D'Água:

Mesmo quando se mergulha em um mesmo rio, suas águas jamais são as mesmas...

As trocas são constantes e nunca, NADA, é igual...

A rotinas das trocas é que são constantes...

Um lindo dia pra ti!!!
Beijinhos e obrigada pelo belíssimo post!!!

Cris

quarta-feira, 21 junho, 2006  

Enviar um comentário

← Entrada

    Subir ↑