Pausa para um cigarro Rimbaud

Fotografia: Isabel

Je ne parlerai pas,
je ne penserai rien.
Mais un amour immense
entrera dans mon âme.
Trecho de "Sensation" , 1870

Comentários: 5

Blogger Lâmina D'Água:

Sim...

E o que há no texto que está displicentemente largado ao lado do maço dos cigarros desgrenhados???

Bom dia de domingo...

Beijinhos!!!
Cris

domingo, 04 junho, 2006  
Blogger José Pedro:

Se ampliar a imagem consegue ler bem o poema desenrolado de Rimbaud.
:)

segunda-feira, 05 junho, 2006  
Blogger Lâmina D'Água:

Não consigo ler bem nada...

Tenho deficiêcia visual avançada...
Leio e escrevo por teimosia e por reconhecer as letras. Não o faço por identificá-las e por essa mesma razão, cometo muitos erros de digitação.

A vantagem em ler pea tela, é que posso ampliar as letras até onde a vista alcança... Em parte!!! Na verdade tenho visão impressionista e vejo como se vê através de um vidro onde há água escorrendo do outro lado dele. Sei o que há do outro lado, mas nada é definido... Tudo e brumado... Por vezes isso até pode romantizar as cenas, mas há que se ter os pés bem fincados ao chão e saber separar o rel do imaginário...

Beijinhos para tua semana...
Cris

Ah!!! Por essa razãoque acabo de contar, essas letrinhas logo aí abaixo, exijidas para a postagem dos comentários, torna difícil o processo. Por vezes preiso fazer muitas tentativas até acertar. Como agora...

segunda-feira, 05 junho, 2006  
Blogger José Pedro:

Olá, Cris! Já experimentou as Opções de Acessibilidade do Windows?
A sua "visão impressionista" lembra-me um dos meus livros favoritos: "A Espuma dos Dias" de Boris Vian. Uma feliz semana para si.

segunda-feira, 05 junho, 2006  
Blogger Lâmina D'Água:

Não experimentei não...

Aliás, minha visão fosca não chegava a me atrapalhar... Agora ela já me causa algum estorvo, mesmo eu tendo me habituado a conviver com a eterna bruma no olhar... De fato os impressionistas tinham sérios defeitos visuais, mas isso comprovadamente, faz bem aos outros sentidos...

Um beijinho!!!
Cris

terça-feira, 06 junho, 2006  

Enviar um comentário

← Entrada

    Subir ↑