SN 2006gy, a morte de uma grande estrela





Ontem, 7 de Maio de 2007, foi observada a mais brilhante explosão estelar de que há registo, 100 vezes mais potente do que uma supernova típica, segundo o astrónomo Nathan Smith da Universidade da California em Berkeley. A estrela que explodiu deveria ser 150 vezes maior que o nosso Sol e extremamente maciça. Pertencia à galáxia NGC 1260, localizada a 240 milhões de anos-luz da Terra.

As imagens da supernova SN 2006gy, de cima para baixo:
1. Imagem raio X de SN 2006gy registada pelo observatório Chandra.
2. A constelação NGC 1260. A mancha mais brilhante, em cima e à direita, é SN 2006gy. Imagem infravermelha do Lick Observatory.
3. O conceito de artista: SN 2006gy vista de perto.

NASA

Comentários: 2

Blogger |3run0:

A magnitude absoluta (o brilho, essencialmente) desta supernova é -22 (= +- 50 bilhões de vezes o brilho intrínsico do Sol). Isto significa que se ela estivesse onde fica Alfa Centauri, apareceria mais brilhante vista da Terra do que o Sol !

terça-feira, 08 maio, 2007  
Blogger José Pedro Ribeiro:

Aliás, no momento da explosão, o brilho terá sido 1000 vezes mais forte ainda!
Ganda brasa! :)

terça-feira, 08 maio, 2007  

Enviar um comentário

← Entrada

    Subir ↑