Batateira da gleba




Não é segredo que, embora inúmeras vezes discordando das suas opiniões, sou um admirador da prosa e das diatribes de Miguel Castelo Branco em Combustões, blogue que, na minha humilde e pouco válida opinião, é um dos mais interessantes da Lusitânia e arrabaldes. Pois uma das coisas de que menos gosto em Miguel Castelo Branco é a facilidade com que por vezes insulta pessoas e classes profissionais. Se, já em 18 de Dezembro de 2006, tinha produzido valente insulto à honrada e útil classe dos motoristas de praça, promovendo Ahmadinejad a taxista, vem agora vilipendiar Valentina Tereshkova comparando o seu "carão" com o de conhecido e sinistro caniche(*) detentor de "queixada de batateira da gleba".

(*): Agora fui eu. Que me desculpem os poodles: não é nada pessoal.

    Subir ↑