Tibete: História de uma Tragédia


55 minutos de documentário da France 3 sobre o Tibete ocupado pela China. Em 16 de Março último, o primeiro ministro chinês, Wen Jiabao, declarou à imprensa que "as portas do diálogo estão sempre abertas", referindo-se a uma possibilidade de entendimento com o Dalai Lama exilado desde 1959. Em troca, a República Popular da China, cujo Exército de Libertação Popular ocupou violentamente o Tibete em 1951, exige apenas que o Dalai Lama renuncie às suas "actividades separatistas".

Agência Oficial de Sua Santidade o Dalai Lama e Governo Tibetano no Exílio para as Américas

Boicote os Jogos Olímpicos 2008.

Comentários: 2

Blogger Jorge Alves:

Às vezes esquecemo-nos que existem países como a China.
Bom post.

sexta-feira, 08 junho, 2007  
Blogger MiE:

Uma boa causa, esta tua postura.

beijo

sábado, 09 junho, 2007  

Enviar um comentário

← Entrada

    Subir ↑