A fotografia sublimada


Jonathan Torgovnik, Joseline Ingabire (HIV+) with her daughter Leah Batamuliza, Rwanda.


O israelita Jonathan Torgovnik, tem vindo a fotografar, desde Fevereiro de 2006, as mães resultantes das violações do genocídio do Ruanda de 1994. Esquecidas por todos, são elas que aguentam no presente, e continuarão a aguentar, as consequências visíveis do conflito ocorrido há já treze anos. De acordo com o que afirmou a directora da exposição em entrevista à EuroNews, esta imagem de uma das milhares de mães ruandesas vítimas de violação acompanhada pelas duas filhas, da série Intended Consequences: Mothers of Genocide, Children of Rape, mais do que uma fotografia, é uma narrativa.

The Photographic Portrait Prize 2007
National Portrait Gallery
Foundation Rwanda

Comentários: 1

Anonymous éféss:

Estas pessoas podem ter sido vítimas de violência, mas o retrato que lhes foi feito aqui dá-lhes um presente e um futuro para lá da dor, porque não as trata como objectos anónimos e não as fixa na vitimação. O fotógrafo teve o cuidado de explicitar os seus nomes e as suas relações familiares, o que lhes devolve a individualidade e lhes confere dignificação.

sábado, 08 dezembro, 2007  

Enviar um comentário

← Entrada

    Subir ↑