Contradições


(...) A divisão entre esquerda e direita nos dias de hoje está desactualizada. Vivemos neste tal mundo pós-ideológico, o tal do bom senso, da moderação e do receio ao "extremismo", no fundo, o mundo "centrista". O mundo "centrista" é responsável pela homogeneização de opiniões e comportamentos, não transforma o indivíduo, nenhuma decisão importante ao nível pessoal terá de ser tomada, resta-nos apenas, opinar sobre aquilo que vemos na televisão. Se somos a favor ou contra a guerra do Iraque, se concordamos com o partido A ou B, o que pensamos sobre a actuação do governo, etc. Estimula a nossa intelectualidade e nada mais!

(...), vejamos alguns exemplos de contradições entre aquilo que se prega e aquilo que se faz:

Contradições de uma pessoa de direita conservadora:

- Prega a tradição familiar, mas no tempo livre é frequentador de bordéis (Spitzer).
- Acredita nos benefícios do mercado neoliberal, mas é o primeiro a ir para a rua manifestar-se quando perde o emprego por deslocalização da sua empresa.
- Prega o direito à vida, mas leva a esposa a abortar.


Contradições de uma pessoa de esquerda "extremista" (que palavra feia):
- Prega que o capitalismo é responsável pelos males do mundo, mas trabalha para uma multinacional.
- Prega que a industrialização da comida é responsável pelo sofrimento dos animais, mas come no McDonald's.
- Prega que devemos consumir apenas o necessário para viver com dignidade, mas possui um Mercedes SLK.

Por Hammurabi.

Comentários: 2

Blogger Pedro Leite Ribeiro:

Não teria o título da postagem ficado pior se fosse "hipocrisias".

sábado, 29 março, 2008  
Blogger cristina ribeiro:

Concordo com esta segunda alternativa do título. É repugnante este "faz o que eu digo, não faças o que eu faço".
Abraço

sábado, 29 março, 2008  

Enviar um comentário

← Entrada

    Subir ↑