Kiosk dos blogues

Foi há precisamente um ano que este vídeo foi colocado no Youtube, tendo logo a seguir circulado pelas caixas de e-mail de toda a gente. Passou hoje, finalmente, nas notícias da SIC, assim como vários outros vídeos, também do Youtube, e reportagens sobre situações de violência nas escolas portuguesas. Poucos dias depois, em 5 de Abril de 2007, um outro youtuber dizia: "Ninguém consegue perceber o que ela diz, mas é lamentável a sua figurinha e já não é sustentável o seu cargo". As coisas podem chegar tarde aos meios de comunicação tradicionais, mas vão chegando e fazem-no cada vez com mais força. Há poucos dias foi o Público a inaugurar em Portugal um serviço de ligações directas à blogosfera. No ano passado foi a tremedeira do governo provocada pelas insuportáveis cócegas de O Portugal Profundo. Graças à blogosfera, os mirins estão aí para ficar e "fazer estragos".
Na blogosfera, tal como no quiosque, encontra-se de tudo e, se procurarmos bem, damos com coisas surpreendentes. Se não quisermos ser surpreendidos podemos dirigir-nos aos sítios do costume esperando em vão ser espantados às vezes.

Entretanto, é tempo hoje, com a força dada pela televisão, de repetir a pergunta: será possível a esta figurinha esperta aguentar-se mais tempo no "poleiro", como diz o povo meu conterrâneo?

Comentários: 2

Blogger cristina ribeiro:

É, Pedro, a blogosfera tem-se vindo a revelar uma fonte de mudança, e está nas nossas mãos aproveitar melhor as suas potencialidades...
Abraço

sexta-feira, 28 março, 2008  
Blogger Pedro Leite Ribeiro:

Mesmo parecendo um pouco quixotesco, às vezes, é bem capaz de ter razão, Cristina. De resto, que mal há em gostar das aventuras do herói de Cervantes?

sexta-feira, 28 março, 2008  

Enviar um comentário

← Entrada

    Subir ↑